Notícias de Santa Maria

ÚLTIMAS NOTÍCIAS DE SANTA MARIA/DF
PESSOAS BUSCAM REDUZIR GERAÇÃO DE LIXO E O IMPACTO AO MEIO AMBIENTE

Quando a produtora audiovisual Patrícia Barretos, 50, começou a separar o seu próprio lixo para reciclagem -coisa de 20 anos atrás- coleta seletiva ainda era uma raridade. “Era muito difícil. Não tinha nem caminhão para recolher”, diz. Por muitos anos, ela teve de levar todo o material até postos ou cooperativas que pudessem recebê-lo.

Ainda hoje em dia, no prédio em que mora, na Santa Cecília, centro de São Paulo, não há divisão dos resíduos -apesar dos seus insistentes pedidos. Pelo menos agora, afirma ela, o caminhão para reciclados passa na porta, e fica mais fácil o descarte.

Nestas duas décadas, Patrícia conta que foi ficando cada vez mais preocupada com o assunto. Na pandemia do coronavírus e passando mais dias em casa, isso se acentuou.

“Se antes eu era a ‘louca do lixo’, agora virei a ‘louca do plástico'”

Mais até do que reciclar, a produtora tem procurado reduzir a sua produção de lixo.

Evita ao máximo, por exemplo, o consumo de produtos que tenham embalagens descartáveis, e muitas das suas compras são a granel. “É um caminho sem volta. Quanto mais você sabe sobre o assunto, mais consciente você vai ficando”, afirma.

Segundo dados da Abrelpe (Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais) de 2018, cada brasileiro produz por dia cerca de 1,039 kg de lixo. Grande parte disso vai para os aterros sanitários, já que só 22% das cidades brasileiras têm coleta seletiva, de acordo com pesquisa realizada pelo Cempre (Compromisso Empresarial pela Reciclagem).

Durante a pandemia, segundo levantamento da Abrelpe, o número de materiais recicláveis coletados pelos serviços de limpeza aumentou 28% em maio, e 30% em junho na comparação com o mesmo período de 2019. Para a entidade, isso evidencia o crescimento do consumo dentro das casas de alimentos prontos (os deliveries de restaurantes, por exemplo).

O problema é que isso não se reverteu em um aumento da reciclagem em si. “Já que boa parte do volume coletado tem sido encaminhado para unidades de disposição final [aterros sanitários] devido o fechamento ou diminuição da atuação nas unidades de triagem em diversas cidades”, diz Carlos Silva Filho, diretor presidente da Abrelpe.

São Paulo continuou com a coleta seletiva e e é um dos poucos locais que possui dois centros de triagem mecanizados que, portanto, não deixaram de funcionar durante a pandemia. As 24 cooperativas de reciclagem, porém, seguem fechadas como prevenção contra o coronavírus.

Em 2014, a designer Cristal Muniz, 29, leu uma reportagem sobre uma jovem americana, a Lauren Singer, do blog Thash for Tossers, que estava “vivendo uma vida lixo zero”. Na mesma hora, ela conta que teve a ideia de seguir pelo mesmo caminho.

“Eu tinha ido morar sozinha e ficava muito incomodada com a quantidade de lixo que produzia sempre. Mesmo separando, a maior parte eram resíduos não-recicláveis dessa coleta seletiva que temos (embalagens de comida suja e impossíveis de limpar e reciclar, areia da gata, lixo do banheiro, lixo orgânico da cozinha) e isso me deixava muito incomodada, porque eu sabia que nada ia ser feito com isso depois”, relata.

Para compartilhar o que estava aprendendo, Cristal criou o blog Um Ano Sem Lixo. Em pouco tempo, ela conta que o projeto cresceu e ficou inviável conciliar com o seu trabalho como designer. Decidiu, então, ficar só com o blog dando palestras, cursos e produzindo o conteúdo para todas as redes da iniciativa, que passou a se chamar Uma Vida Sem Lixo. Esse também é o nome do livro, que ela lançou em 2018. No Instagram, o projeto tem 252 mil seguidores.

Ela afirma que nunca teve nenhum “desafio gigante” no processo de reduzir ao máximo o que gerava de resíduos, porque o seu motivo por trás sempre “foi muito forte” e as mudanças foram acontecendo aos poucos. “Minha tática foi atacar o que menos gostava de produzir primeiro, troquei os absorvente pelo coletor menstrual, deixei de jogar ‘fora’ o lixo orgânico e transformo ele em adubo no apartamento com uma composteira doméstica”, explica.

Para ela, a vida ficou mais simples e prática, porque foca no essencial. Embora veja que é importante reciclar, Cristal destaca que não se pode colocar todas as esperanças nisso

Para ela, é essencial gerar menos lixo. “A gente, enquanto pessoas, e a gente, enquanto empresas, precisa pensar em produzir menos lixo, pensando lá no projeto de design dos produtos e embalagens, que eles sejam feitos para serem reciclados ou reaproveitados, e em casa pensando no que dá para nem levar para casa”, afirma.

Ana Maria Luz, do Instituto GEA – Ética e Meio Ambiente, compartilha de opinião semelhante. Para ela, é preciso reduzir o consumo em todos os aspectos, desde a comida que se faz a mais e acaba jogando fora até a aquisição de aparelhos eletrônicos. São também mudanças pequenas, do dia a dia, como deixar de pegar uma sacola a cada vez que vai à farmácia, e dispensar os talhares descartáveis e guardanapos quando pedir comida em casa.

“Cada produto que você comprou, usou e depois jogou no lixo, você usou recursos naturais do planeta. Toda vez que você retirou recursos naturais da terra e aquilo foi para o lixo e depois para o aterro, você está tirando elementos que são finitos na terra. Petróleo, areia, bauxita, por exemplo, são finitos”, destaca ela.

Embora muitas ações precisem ser feitas pelo poder público, é importante que cada um faça a sua parte, reforça ela, reduzindo o consumo e reciclando o que é possível. “Não é tão difícil você separar e mandar para reciclar um produto, e você salvou um monte de coisa, água, energia, e ainda deu emprego para um monte de gente [catadores]. É uma escolha”, conclui.

Para quem ficou assustado ao passar mais tempo em casa e se dar conta da quantidade de lixo que produz, a dica dos especialistas é começar pela separação dos resíduos. O jeito mais fácil e que também é eficaz é dividir em dois: orgânico e reciclável.

“São só duas lixeiras, não dá muito mais trabalho colocar na do reciclável as embalagens limpas e secas, e na outra os resíduos como resto de comida, papel higiênico [usado] ou absorventes”, indica Cristal Muniz, autora do blog Uma Vida Sem Lixo, projeto em que se dedica a reduzir ao máximo a geração de resíduos.

Também é fundamental conferir se o lixo está indo para reciclagem de fato. “Se você separar, mas seu prédio não, foi esforço em vão. E isso não significa que você deve parar de reciclar, mas, sim, que você deve cobrar do prédio que passe a separar”, disse. Mesmo em cidades que têm serviço de coleta seletiva, muitos condomínios não adotaram a ação.

A funcionária pública Daniela Padilha, 36, conta que desde que morava com a sua mãe já fazia a separação do lixo. Assim que casou, continuou com a iniciativa, mas logo descobriu que o seu condomínio não faz a divisão dos resíduos. “Eu e meu marido tentamos fazer certinho, pena que vai para a lixeira do prédio e não tem separação”, diz ela, que mora em Guarulhos, na Grande SP.

O que fazer? Os especialistas indicam que o próprio morador pode levar até pontos de entrega voluntária (PEV) ou associações de catadores. Nesse quesito, o site Ecycle pode ajudar a encontrar esses locais de entrega. Há também o aplicativo Cataki, que conecta quem quer descartar com um catador. “É uma saída também para ajudar os catadores, já que muitos ficaram sem renda por causa da crise do coronavírus”, diz a ambientalista Ana Maria Luz.

Segundo Cristal Muniz, uma das dúvidas que mais costuma receber de seguidores é como descartar algumas coisas específicas. De fato, diz ela, esse é um tipo de informação inconsistente e “difícil de achar mesmo”.

“Como a coleta é em municípios e a reciclagem acontece de acordo com o que o mercado compra, em algumas regiões alguns materiais tem quase nenhum valor comercial e acabam sendo descartados, mesmo tendo uma reciclabilidade altíssima. É o caso do vidro: ele pode ser reciclado infinitas vezes, vidro novo pode ser feito exclusivamente de vidro velho, mas em muitas cidades do Brasil, por falta de mercado, esse material vai pros aterros e não é reciclado, mesmo sendo mais eficiente que o plástico na reciclagem.”

Ana Maria Luz comenta também sobre o lixo eletrônico que é “hiper-complicado”, especialmente pilhas. “Não tem valor econômico. Ao contrário, para dar uma destinação completa, precisa de um processo industrial super caro. É o negócio que ninguém quer”, afirma. Em algumas cidades, existem projetos e lojas que recebem o produto e dão a sua destinação correta -serviço que ficou prejudicado agora na quarentena, diz ela.


Publicado em: 22/09/2020 - 08:51:48
Redação: Jornal de Brasília
Fotos: Jornal de Brasília
Fonte: Jornal de Brasília
Compartilhar:


A Administração Regional recebeu nesta quarta-feira (21), a Secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani. Após reunião na sede, acompanhada da administradora Marileide Romão, a comitiva da Sejus e da Administração estiveram em locais importantes para o fortalecimento dos trabalhos e para a realização do programa “Sua vida vale muito”, que acontecerá em novembro, em Santa Maria.  A ação, conduzida pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus-DF), foi criada para atender e orientar idosos e seus familiares sobre a Covid-19. A população tem acesso a médicos, assistentes sociais, psicólogos e fisioterapeutas, entre outros profissionais voluntários mobilizados para atender gratuitamente a comunidade.  Atividades como emissão da primeira via da identidade e orientação e agendamento para os servi&cced...
Ver Mais
Compartilhar:

A Administração Regional recebeu nesta quarta-feira (21), a Secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani. Após reunião na sede, acompanhada da administradora Marileide Romão, a comitiva da Sejus e da Administração estiveram em locais importantes para o fortalecimento dos trabalhos e para a realização do programa “Sua vida vale muito”, que acontecerá em novembro, em Santa Maria.  A ação, conduzida pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus-DF), foi criada para atender e orientar idosos e seus familiares sobre a Covid-19. A população tem acesso a médicos, assistentes sociais, psicólogos e fisioterapeutas, entre outros profissionais voluntários mobilizados para atender gratuitamente a comunidade.  Atividades como emissão da primeira via da identidade e orientação e agendamento para os serviços do Na Hora e orientações sobre prevenção de glaucoma e serviços de nutricionista também fazem parte do programa.  No próximos dias, a Secretaria e a Administração deverão anunciar o planejamento, execução e cronograma das ações a serem realizadas. “O governador Ibaneis Rocha tem demonstrado o interesse em fortalecer as comunidades com ações sociais importantes e a v...
Ver Mais

Compartilhar:
Ainda na madrugada desta quarta-feira (21) rodoviários da empresa Auto Viação Marechal cruzaram os braços. É a terceira paralisação nos últimos 30 dias, e o motivo é o mesmo: falta de pagamento. Funcionários alegam que não receberam 40% do último salário. Cestas básicas e horas extras referentes a setembro também estão em atraso. Com a paralisação, cerca de 489 ônibus ficaram estacionados nos terminais de Ceilândia e de Samambaia. Embora tenha garagens somente nas duas  cidades, a Marechal circula nas regiões de Samambaia, Taguatinga, Ceilândia, Recanto das Emas, Águas Claras, Guará, Gama e Santa Maria. A Marechal emitiu nota sobre a  paralisação dos funcionários. A empresa afirma que aguarda um repasse do GDF que era para ter ocorrido na terça (20), mas, segundo a eles, &ldquo...
Ver Mais
Compartilhar:

Ainda na madrugada desta quarta-feira (21) rodoviários da empresa Auto Viação Marechal cruzaram os braços. É a terceira paralisação nos últimos 30 dias, e o motivo é o mesmo: falta de pagamento. Funcionários alegam que não receberam 40% do último salário. Cestas básicas e horas extras referentes a setembro também estão em atraso. Com a paralisação, cerca de 489 ônibus ficaram estacionados nos terminais de Ceilândia e de Samambaia. Embora tenha garagens somente nas duas  cidades, a Marechal circula nas regiões de Samambaia, Taguatinga, Ceilândia, Recanto das Emas, Águas Claras, Guará, Gama e Santa Maria. A Marechal emitiu nota sobre a  paralisação dos funcionários. A empresa afirma que aguarda um repasse do GDF que era para ter ocorrido na terça (20), mas, segundo a eles, “houve um atraso por parte do governo”. A empresa também condena o Sindicato dos Rodoviários do Distrito Federal e diz que o órgão “mais uma vez se mostrou insensível a esses tempos difíceis de pandemia”. Mesmo com todos os esforços da Auto Viação Marechal no sentido de quitar o adiantamento salarial e a cesta básica dos seus funcionários, o Sindicato dos Rodoviários do Distrito Federal, m...
Ver Mais

Compartilhar:
O casal acusado de participar do assassinato de Alan Bonfim Serpa, de 29 anos, acabou preso nesta terça-feira (20/10). João Paulo Fernandes da Silva, 38, é suspeito de atirar na cabeça da vítima, e Priscila Oliveira Leite teria facilitado a fuga do homem após o crime, ocorrido em 9 de setembro deste ano. A vítima era dona de um hookah em Santa Maria. Segundo investigação da 33ª Delegacia de Polícia (Santa Maria), a motivação do homicídio foi uma briga por causa de uma motocicleta. João Paulo teria anunciado a venda do veículo em um site de vendas da internet, cobrando R$ 10 mil. Alan teria visto a publicação e demonstrado interesse na venda. Após negociação, o suspeito entregou a motocicleta para Alan, mas não recebeu o valor cobrado. Por causa do golpe, João Paulo decidiu matar a vítima. No dia do crime, o homem foi...
Ver Mais
Compartilhar:

O casal acusado de participar do assassinato de Alan Bonfim Serpa, de 29 anos, acabou preso nesta terça-feira (20/10). João Paulo Fernandes da Silva, 38, é suspeito de atirar na cabeça da vítima, e Priscila Oliveira Leite teria facilitado a fuga do homem após o crime, ocorrido em 9 de setembro deste ano. A vítima era dona de um hookah em Santa Maria. Segundo investigação da 33ª Delegacia de Polícia (Santa Maria), a motivação do homicídio foi uma briga por causa de uma motocicleta. João Paulo teria anunciado a venda do veículo em um site de vendas da internet, cobrando R$ 10 mil. Alan teria visto a publicação e demonstrado interesse na venda. Após negociação, o suspeito entregou a motocicleta para Alan, mas não recebeu o valor cobrado. Por causa do golpe, João Paulo decidiu matar a vítima. No dia do crime, o homem foi até o hookah, localizado no Conjunto B da Quadra 319 de Santa Maria. Ali, deu um tiro na cabeça de Alan. A vítima chegou a ser socorrida pelos bombeiros após uma parada cardiorrespiratória. O homem foi internado em estado gravíssimo no Hospital Regional de Santa Maria, mas não resistiu ao ferimento e morreu no local, no dia 10 de setembro. ...
Ver Mais

Compartilhar:
Mais uma terça-feira chegou e hoje é dia de balanço de obras em Santa Maria. Vamos falar de um benefício que a cidade ganhará, em breve, para o descarte regular de materiais: o papa-entulho (PEV).  O espaço na AC 219 já está em construção com mais de 45% da obra realizada e deve ser concluída até o início de dezembro. Quando estiver pronto, o local receberá entulhos, móveis, restos de poda de árvores, materiais recicláveis e óleo de cozinha em ambiente limpo e organizado. A gestão dos espaços será feita pelo SLU e recebeu  emenda da Deputada Distrital Jaqueline Silva (PTB).   Nos equipamentos, cada pessoa pode entregar, gratuitamente, até um metro cúbico (equivalente a uma caixa d’água de mil litros) de resíduos de construção, volumosos (como móveis) e restos de...
Ver Mais
Compartilhar:

Mais uma terça-feira chegou e hoje é dia de balanço de obras em Santa Maria. Vamos falar de um benefício que a cidade ganhará, em breve, para o descarte regular de materiais: o papa-entulho (PEV).  O espaço na AC 219 já está em construção com mais de 45% da obra realizada e deve ser concluída até o início de dezembro. Quando estiver pronto, o local receberá entulhos, móveis, restos de poda de árvores, materiais recicláveis e óleo de cozinha em ambiente limpo e organizado. A gestão dos espaços será feita pelo SLU e recebeu  emenda da Deputada Distrital Jaqueline Silva (PTB).   Nos equipamentos, cada pessoa pode entregar, gratuitamente, até um metro cúbico (equivalente a uma caixa d’água de mil litros) de resíduos de construção, volumosos (como móveis) e restos de podas. “O usuário terá um local adequado para entregar esses resíduos evitando o acúmulo de entulhos descartados irregularmente em alguns pontos de Santa Maria, evitando o mosquito da dengue”, alerta a administradora regional de Santa Maria, Marileide Romão. Os papa-entulho (PEV) são fundamentais para manter a cidade limpa e organizada e diminuir consideravelmente os casos de dengue. O local construído segue rigoroso padrão ...
Ver Mais

Compartilhar:
Na manhã desta sexta-feira (16), servidores da Administração Regional de Santa Maria participaram de reunião virtual promovida por lideranças comunitárias para debaterem melhorias e sugestões para a Região Administrativa. A Deputada Distrital Jaqueline Silva (PTB) também foi convidada para o encontro que durou mais de duas horas.  A maioria dos líderes comunitários parabenizaram as obras que estão em andamento e desenvolvimento na cidade enaltecendo os trabelhos do Governo do Distrito Federal e da Administração Regional, mas também cobraram agilidade em alguns pleitos como o início das obras do Parque Ecológico, a reforma dos próprios (Ginásio, Galpão Cultural e Biblioteca) e a infraestrutura em áreas mais precárias.  A administradora Marileide Romão mostrou todo o trabalho efetivo que está sendo realizad...
Ver Mais
Compartilhar:

Na manhã desta sexta-feira (16), servidores da Administração Regional de Santa Maria participaram de reunião virtual promovida por lideranças comunitárias para debaterem melhorias e sugestões para a Região Administrativa. A Deputada Distrital Jaqueline Silva (PTB) também foi convidada para o encontro que durou mais de duas horas.  A maioria dos líderes comunitários parabenizaram as obras que estão em andamento e desenvolvimento na cidade enaltecendo os trabelhos do Governo do Distrito Federal e da Administração Regional, mas também cobraram agilidade em alguns pleitos como o início das obras do Parque Ecológico, a reforma dos próprios (Ginásio, Galpão Cultural e Biblioteca) e a infraestrutura em áreas mais precárias.  A administradora Marileide Romão mostrou todo o trabalho efetivo que está sendo realizado, mesmo em tempos de pandemia, e elogiou o apoio recebido pelo chefe do executivo e pelo poder legislativo. “O governador Ibaneis Rocha tem se empenhado sempre em entregar as obras que nossa comunidade precisa e a deputada Jaqueline tem sido uma verdadeira guerreira apoiando a cidade com os pleitos e com verbas de emenda parlamentar que fazem que as obras possam acontecer”, destacou.   Na ocasião, a administradora também fez questão de disponibiliza...
Ver Mais

Compartilhar:
Quando as aulas presenciais retornarem, os 540 alunos da Escola Classe 01 Porto Rico, em Santa Maria, vão encontrar um cenário muito diferente do que estavam acostumados. Nos últimos seis anos, quem esteve ali conviveu com obras inacabadas, tapumes por todo lado e esqueletos de blocos de salas de aula. O Governo do Distrito Federal foi lá e fez: investiu R$ 1.590.020,38 na reforma completa do local, 85% executada, para levar dignidade para a comunidade da área. “Temos 30 escolas em Santa Maria e essa era a mais crítica. Hoje nos alegramos em falar que vai ser uma das mais modernas da cidade. O sentimento, como gestor, é de satisfação”, diz o coordenador regional de ensino, Augusto Freire. “A escola é um bem comum à toda a comunidade, mas principalmente do ponto de vista educacional vamos poder dar dar mais dignidade e segurança para os alunos”, emenda. Temos 30 escolas em S...
Ver Mais
Compartilhar:

Quando as aulas presenciais retornarem, os 540 alunos da Escola Classe 01 Porto Rico, em Santa Maria, vão encontrar um cenário muito diferente do que estavam acostumados. Nos últimos seis anos, quem esteve ali conviveu com obras inacabadas, tapumes por todo lado e esqueletos de blocos de salas de aula. O Governo do Distrito Federal foi lá e fez: investiu R$ 1.590.020,38 na reforma completa do local, 85% executada, para levar dignidade para a comunidade da área. “Temos 30 escolas em Santa Maria e essa era a mais crítica. Hoje nos alegramos em falar que vai ser uma das mais modernas da cidade. O sentimento, como gestor, é de satisfação”, diz o coordenador regional de ensino, Augusto Freire. “A escola é um bem comum à toda a comunidade, mas principalmente do ponto de vista educacional vamos poder dar dar mais dignidade e segurança para os alunos”, emenda. Temos 30 escolas em Santa Maria e essa era a mais crítica. Hoje nos alegramos em falar que vai ser uma das mais modernas da cidade Augusto Freire, coordenador regional de ensino A obra é executada com verba exclusiva da Secretaria de Educação por empresa vencedora de licitação junto à Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) e caminha para a fase final. Segundo a empresa, no momento são feitas instalações de piso emborrachado e alambrado...
Ver Mais

Compartilhar:
O Tribunal do Júri de Santa Maria condenou, nesta quarta-feira (14/10), Francisco Canindé de Almeida, 67 anos, por matar seu filho André Pereira de Almeida, 33. A pena determinada é de 18 anos de prisão. Canindé aguardou o julgamento em prisão preventiva e deve, agora, cumprir a pena em regime inicial fechado. O crime ocorreu em Santa Maria, em 7 de julho de 2019. O homicídio teria ocorrido após Francisco e André terem um desentendimento. O filho teria se recusado a levar o pai para visitar a neta no Recanto das Emas. Após insistência e ameaças, André atendeu ao pedido do pai. No entanto, a avó paterna da criança não permitiu a visita, devido ao horário e ao estado de embriaguez do acusado, o que gerou uma nova discussão entre pai e filho. De acordo com os autos, Francisco ameaçou colocar fogo na casa e no carro de André, e atingiu a v&...
Ver Mais
Compartilhar:

O Tribunal do Júri de Santa Maria condenou, nesta quarta-feira (14/10), Francisco Canindé de Almeida, 67 anos, por matar seu filho André Pereira de Almeida, 33. A pena determinada é de 18 anos de prisão. Canindé aguardou o julgamento em prisão preventiva e deve, agora, cumprir a pena em regime inicial fechado. O crime ocorreu em Santa Maria, em 7 de julho de 2019. O homicídio teria ocorrido após Francisco e André terem um desentendimento. O filho teria se recusado a levar o pai para visitar a neta no Recanto das Emas. Após insistência e ameaças, André atendeu ao pedido do pai. No entanto, a avó paterna da criança não permitiu a visita, devido ao horário e ao estado de embriaguez do acusado, o que gerou uma nova discussão entre pai e filho. De acordo com os autos, Francisco ameaçou colocar fogo na casa e no carro de André, e atingiu a vítima com uma facada no abdômen. Apesar de ter sido socorrido por testemunhas, André morreu no dia seguinte. A acusação alegou que o crime foi praticado por motivo fútil e os jurados acolheram a tese acusatória. Ao dosar a pena, o juiz ressaltou que “a conduta de alguém que, munido de uma faca, mata o próprio filho natural e depois vai para um bar ingerir bebida alcoólica é das mais abjetas, e provoca horror e in...
Ver Mais

Compartilhar:
Confira as fotos da festa do dia das crianças realizada pelo Ministério Terra Santa. No evento as crianças se divertiram pra valer com no pula-pula, piscina de bolinha e com as atrações do palco. Teve ainda cachorro quente e refrigerante para toda a criançada. ...
Ver Mais Ver FOTOS
Compartilhar:

Confira as fotos da festa do dia das crianças realizada pelo Ministério Terra Santa. No evento as crianças se divertiram pra valer com no pula-pula, piscina de bolinha e com as atrações do palco. Teve ainda cachorro quente e refrigerante para toda a criançada. ...
Ver Mais Ver Fotos

Compartilhar:
Confira abaixo as fotos do primeiro dia da Praça da Criança em Santa Maria (sábado, 10/10) ...
Ver Mais Ver FOTOS
Compartilhar:

Confira abaixo as fotos do primeiro dia da Praça da Criança em Santa Maria (sábado, 10/10) ...
Ver Mais Ver Fotos

Compartilhar:


QUADROS FIXOS - O QUE DESEJA ACHAR?
Busque e encontre ofertas de produtos e serviços de empresas em SANTA MARIA e do Distrito Federal
Acesse
Confira aqui as coberturas fotográficas dos diversoas eventos, atividades e acontecimentos pela cidade
Acesse
Acompanhe diariamente a seção de notícias e fique por dentro de tudo que acontece em SANTA MARIA
Acesse
Registre reclamações, denuncias, solicitações e elogios sobre os serviços do GDF em Santa Maria
Acesse
Confira aqui a agenda dos próximos eventos, atividades e diversos acontecimentos pela cidade
Acesse
Confira aqui a listagem completa dos telefones e endereços dos órgãos públicos da cidade
Acesse
Confira as opções de gastronomia em Santa Maria. São pizzarias, bares, restaurantes e muito mais
Acesse
Encontre os parlamentares e as destinações de suas emendas para obras e serviços em Santa Maria
Acesse
Conheça as Líderanças Comunitárias de Santa Maria e deixe suas notas e comentários para eles
Acesse
Confira aqui o histórico dos administradores que representaram Santa Maria desde o início da cidade
Acesse
Encontre pessoas e instituições da cidade para fazer doações de alimentos e produtos diversos
Acesse
Acompanhe a atualização diária do preço da gasolina em Santa Maria, veja o gráfico da semana
Acesse
Confira a atualização diária dos casos de COVID-19 em SANTA MARIA e as mortes em decorrencia da transmissão
Acesse
Confira os pets que estão participando do Concurso Meu Belo Pet, dê seu voto e cadastre seu pet
Acesse
Para anunciar sua empresa em nosso sistema de divulgação, entre em contato pelo telefone (61) 99403-1220
Acesse
Entre em contato com a equipe do SantaOnLine para solicitar maiores informações e sugerir publicações
Acesse
www.acheisantamaria.com.br